w100Miolos
Onde o ppl dos 100Miolos pode publicar as suas taradices.


wLinks
::100Miolos Blog::
::100Miolos Yahoo::
::Petala Azul::
::Vegan::
::Galaxia Alfa::
::#Barata::
::Eu odeio trabalhar aqui::
::A Galeria da Eli::
::HP do Raven::
::AindaNaoComiNinguem::
::anthrax::
::Hassen::
::Pedra 80::


wHistorico
Por Aqui


wAssinar a 100Miolos
Clica aqui para assinar


wRadio do aRMAS



Weblog Commenting by HaloScan.com


This page is powered by Blogger. Why isn't yours?

wquarta-feira, março 16, 2005


Ooooops, este blog tem andado entregue à «bicharada», pelos vistos... eheheheh...

Bom, vamos lá a ver se pomos ordem nisto...

Cá por mim, só há mesmo uma coisa a fazer: o pessoal voltar a postar aqui, enfim, reanimado o site...

Quanto a alucinados que postam comentários insanos, olhem, deixá-los postar comentários e pronto...

Sabes, Armando, ainda bem que ele não percebeu ou não quis aceitar o teu convite para participar. Já imaginaste, sinceramente, o que seria o blog da 100miolos invadida por textos loucos, desorientados, desconexos e de mau gosto? Blargh...

Fiquem bem, e façam-me o favor de serem felizes...

por Krica, 17:08


wsegunda-feira, fevereiro 21, 2005


INSANIDADE MENTAL

Rapazinho (dos comments), tu és completamente alucinado.
Para além das tuas divagações surreais, parece que também é complicado manteres uma conversação equilibrada. De um momento para o outro parece que te passaste novamente.

Mas tudo bem, eu tento de novo.

Este blog, não sendo só meu, está completamente abandonado. Então, por te ver tão entretido a comentar aqui sozinho, é que te convidei a postar no blog, e nãos nos comments como tens vindo a fazer.
Mas como parece que não entendeste direito, AZAR! Vais continuar a só poder comentar e pronto.
Como não entendes a diferença de uma coisa e de outra, vai te ser indiferente.

De qualquer modo, para te mostrar ligeiramente a diferença, é que te respondi num post e não num comment.

Agora um recado pra quem não aparece bués por aqui:


MÁRCIO

Volta para aqui, que isto está entregue aos loucos!!!



por aRMAS, 10:52


wdomingo, maio 23, 2004


Por falar no Mler, o Pedro d’Orey deu uma canja no show do Metrô, no último dia 13, no Speakeasy (Lisboa). A Virginie (vocalista da banda) o levou, da platéia ao palco, para um momento de improviso. Deve ter sido bacana.
Conforme informei aqui, alguns séculos atrás, consegui encontrar um CD de uma das bandas que você me indicou, aRMAS. Espremido entre vários da Dulce Pontes, Madredeus e coletâneas de fado, lá estava ele, um certo Os Delfins, com uns cabeludos na capa (apenas dois, na verdade). Todos devidamente uniformizados com camisetas religiosas. Confesso que fiquei meio preocupado por, quem sabe, estar queimando uns níqueis em uma banda do tipo Atletas de Cristo.
No encarte (o álbum é de 1996), várias fotos de bandas nacionais, como Paralamas, Engenheiros do Hawaii, Barão Vermelho, entre outros.
Tive uma boa surpresa logo na terceira faixa. Lembra sobre uma música que perguntei se era Madredeus, e ninguém soube responder? Estava lá. Não é também dos Delfins, mas está bem jeitosinha, esta versão mais acelerada de “Haja o que Houver”.
Logo em seguida, outra surpresa, a música que dá o título ao CD, “Saber A~Mar”, nada mais é que a boa e velha paralâmica, “Saber Amar”.
Não fica só nisso a participação verde-amarela do álbum. Frejat (Barão Vermelho), participa no vocal de “A Primeira Vez”, Paulinho Moska (ex-Inimigos do Rei), em “Através da Multidão” e Gabriel, O Pensador, em “Soltem os Prisioneiros”.
Tantas participações serviram, um pouco, para quebrar a estranheza inicial, causada pelo sotaque. Estranheza essa que certamente teria passado (como passou) após algumas “reprises” do CD.
Além de “Haja o que Houver”, das 100% “made in Portugal”, gostei, em especial de “Não vou ficar” e “Num Sonho Teu”.
O pessoal da loja, onde comprei o CD, ficou de me avisar se aparecer algum outro título da sua lista. Agora, é esperar.
Passando dos discos aos livros, descobri, como sempre atrasado, esse negócio de E-Book. Tem sido meu mais novo brinquedo. Por motivos óbvios, a grande maioria de títulos é de obras que já caíram em domínio público, os clássicos. Apesar de já serem títulos meio surrados, ainda dá para fazer uma boa orgia literária e, o que é melhor, de graça.




por Márcio Mattos, 05:34


wquarta-feira, fevereiro 04, 2004


Nota Musical

Já faz um longo tempo desde que aqui publiquei um texto acerca de bandas portuguesas que surgiram nos anos 80, ou que alcançaram sucesso nessa década.
Na altura, o Márcio estranhou o facto de eu não citar os Mler Ife Dada, por a melhor fase deles ter coincidido exactamente com esse periodo.

Mas realmente, o nome Mler Ife Dada não me dizia absolutamente nada. Até que, resolvi usar o eMule para ver se encontrava algum mp3 deles.
E encontrei.

Muitos dos mp3 eram de músicas que nunca tinha ouvido, mas houve um que tinha uma sonoridade muito familiar, era o tema "Zuvi Zeva Novi".

Na altura era puto e, obviamente não me apercebi da inovação que eles traziam (ou tentávam trazer) para o panorama musical português. O que apenas me chamáva a atenção era a letra da música, que basicamente consistia num jogo de palavras e sons com muitos zês à mistura.

Portanto Márcio, se alguma vez em conversa com um português perguntares pelos Mler Ife Dada e ele não conhecer o grupo, tenta cantarolar-lhe o "Zuvi Zeva Novi" que facilmente ele se irá recordar.

Para mais informações sobre a banda, aqui está um bom link.

por aRMAS, 15:53


wterça-feira, fevereiro 03, 2004


21 Grams

Há tempos andou a circular um email, que se calhar ainda circula, onde se explicáva que para se compreender uma palavra, não interessa a ordem das letras que a compoêm mas sim que a primeira e a última letra permaneçam no seu devido lugar.

21 Grams é um filme que parece seguir esse raciocínio.
Nele, a história não é contada de um modo linear. Em vez disso os vários episódios que a compõem surgem de um modo quase aleatório, sendo possível logo no início perceber o seu fim.

Então, como é que ele pode cativar a atenção de quem o assiste?
É que realmente a questão não está no seu final. Aliás, há outros filmes que sem estas artimanhas de realização, conseguem fácilmente prevenir o expectador quanto ao seu remate, por tão óbvios que são.
No caso do 21 Grams o que mantém desperto o interesse, são os factores que contribuêm para que a história se desenrole para aquele fim.
É como se ao longo do filme, o realizador estivésse a responder a perguntas colocadas pelos expectadores, que procuram compreender a história.

Foi nesta óptica que vi o filme, e que gostei dele. Sem esquecer é claro, o peso das almas.

por aRMAS, 18:52



w10Miolados
Adriana
aRMAS
De
Elisabete
Eli Lix
Marcio
Luis Fernandes
Marco
M&M's
Nara
Paula
Paulo
Pedro
Raven
Tina Gato
Xena


wVoyeurs
Carla Jacinto
Cris do M&M's
Florbela Santos
Hassen
Joao Alves
Iguana
Luis Simoes
Paulo 2001
Rita
Vania


wEx-10Miolados
Ana Goncalves
Angelo
Barata
Cristina Couto
Paulo Ferreira
Sandra
Tauzinha
Tiberiu


wConvidados Marvados
Leocaraio
Renanta
Toto Marvadeza


wVisitas
Site Meter